Em outubro, o Brasil inteiro volta os olhares e se mobiliza em prol da conscientização do tipo de câncer mais incidente entre mulheres: o de mama.





SOMENTE EM 2020, 66 MIL MULHERES TERÃO ESTE DIAGNÓSTICO.


O DIAGNÓSTICO PRECOCE OFERECE ATÉ 95% DE CHANCES DE CURA.


Ao longo dos anos, os esforços no sentido de mitigar esse número tem alcançado certo sucesso, mas de forma ainda muito tímida. Muito por causa da dificuldade do acesso a consultas médicas. Muito por causa da falta de informação sobre como realizar o diagnóstico precoce. E dos mitos em relação aos fatores de risco da doença.
Por isso criamos uma grande campanha onde, desta vez, o apelo é diferente. Baseado numa ação simples, efetiva e que vai entrar para a cultura popular.
Pergunte à pessoa que você ama 3 perguntas.

3 perguntas que podem fazer a diferença para o diagnóstico precoce do câncer de mama.

3 Perguntas que podem salvar 1 vida.

 
 
 

CONHEÇA SUAS MAMAS



VOCÊ SABIA QUE, SE DIAGNOSTICADO PRECOCEMENTE O CÂNCER DE MAMA TEM ATÉ 95% DE CHANCES DE CURA?

O câncer de mama é o resultado da multiplicação anormal e desordenada de células da mama, formando um tumor. Esse comportamento das células é provocado por uma alteração genética ao longo da vida, que pode ser espontânea ou herdada (o que ocorre apenas em cerca de 10% dos casos).
O câncer pode se manifestar antes que os sintomas sejam aparentes ou identificados pelo paciente e é por isso que manter os exames em dia faz toda a diferença. Nessa etapa, os esforços não se direcionam a evitar que o câncer se manifeste, e sim a investigar se ele está presente, para possibilitar que o tratamento inicie o mais rápido possível. A detecção precoce é fundamental para reduzir o índice de mortalidade da doença.
X